CHAPADA DIAMANTINA

 
 
A Chapada Diamantina é uma região de serras, protegida pelo Parque Nacional da Chapada Diamantina, situada no centro do estado brasileiro da Bahia, onde nascem quase todos os rios das bacias do Paraguaçu, do Jacuípe e do Rio de Contas. Essas correntes de águas brotam nos cumes e deslizam pelo relevo em belos regatos, despencam em borbulhantes cachoeiras e formam transparentes piscinas naturais.
Chapada_Diamantina
Montamos o seu pacote na Chapada Diamantina, personalizando e selecionando os atrativos imperdíveis da região, de acordo com a sua disponibilidade, preferência e nível de esforço físico.
Preparamos tudo para você não se preocupar com nada, venha relaxar e aproveitar no oásis brasileiro.
Vale-do-Pati
A Chapada Diamantina é o paraíso do trekking! São muitas as opções de trilhas, com diferentes níveis de esforço fisico e estilo.
Vamos fazer as trilhas mais bonitas da Chapada. Cachoeiras, canyons e paisagens inesqueciveis!
pati_edited.png
Toda a intensidade da Chapada Diamantina em um só roteiro. Vamos fazer a caminhada mais bonita do Brasil. Muita natureza e deliciosa culinária local.
 Uma caminhada que vai além das nossas expectativas, uma nova maneira de ver a vida, com uma energia mágica, indescritível.
As rochas da Chapada Diamantina fazem parte da unidade geológica conhecida como Super grupo Espinhaço, que tomou este nome por ocorrer na serra do Espinhaço, no estado de Minas Gerais. Apresenta-se em geral como um altiplano extenso, com altitude média entre 800 e 1.200m acima do nível do mar. As serras que compõem a Chapada Diamantina abrangem uma área aproximada de 38.000 km² e são as divisoras de águas entre a bacia do rio São Francisco (rios S. Onofre, Paramirim) e os rios que deságuam diretamente no oceano Atlântico, como o Rio de Contas e o Rio Paraguaçu. As montanhas mais altas do Nordeste brasileiro estão na Chapada Diamantina: o Pico do Barbado com 2.033 metros, o Pico do Itobira com 1.970 metros e o Pico das Almas com 1.958 metros.
 
 
Alguns atrativos naturais causam espanto e êxtase, como a Cachoeira da Fumaça e seus 380 metros de queda livre ou o deslumbrante Poço Encantado. Mas são tantas as atrações que se pode optar entre visitar grutas, tomar banho de cachoeira, fazer trekking em antigas trilhas de garimpeiros, montar a cavalo ou praticar esportes e aventuras. A Chapada abriga, em seus vales e cumes, comunidades esotéricas e alternativas como no Vale do Capão.
 
Caminhar respirando o ar puro e admirando a paisagem é a principal opção dos turistas de todas as partes que visitam a Chapada. Os lugares verdejantes guardam sempre uma surpresa com águas cristalinas ou areias coloridas, belos morros, flores e hortaliças que encantam pela beleza e viço. Em Igatu, a curiosidade se aguça em meio às ruínas da cidade fantasma, construída com pedras que formam as paredes de pequenas grutas.

FONTE: WIKIPEDIA
Chapada Diamantina